White Belladona - Tenda do Albafica

Página 3 de 3 Anterior  1, 2, 3

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

White Belladona - Tenda do Albafica

Mensagem por Albafica em Qui Jun 23, 2016 8:16 pm

Relembrando a primeira mensagem :

WHITE BELLADONA

Dionísio deixou-me ter um lugar para trabalhar no acampamento,a pedido de minha mãe Deméter. Ela disse que isso iria me distrair e que que poderia conhecer gente de todos os tipos e assim, tentar ser uma pessoa normal.. Um deus, mas uma pessoa normal como eu sempre fui, antes de ter ikhor correndo em minhas veias.

Minha cabana é bem simples. Feita toda de madeira bruta, sem pintura. Há uma cadeira de madeira confortável, perto de uma mesinha com um vasinho contendo uma rosa branca e perfumada. Não há quadros nas paredes ou muitas decorações, mas por eu ser o que sou, há borboletinhas entrando e saindo do local e muitas flores ao redor. Muitas flores brancas de todos os tipos. Ainda na sala, há um balcão e do lado de lá, na parte de trás da cabaninha de madeira, há uma horta vasta, arvores de todos os tipos e até mesmo uma estufa pequena para minhas criações.

Se eu não estiver sentado, lendo um livro do lado de lá do balcão, pode me chamar pois eu estarei bem perto e, não se preocupe se eu estiver sem roupa... Eu não gosto de usa-las.

Bom, peça o que quiser e eu farei tudo o que estiver ao meu alcance para lhe entregar o pedido... e creio que eu deva pedir dracmas em trocas pelo meu serviço. Foi isso que Dionísio me disse pra fazer. Então, assim, Seja bem vindo à minha loja.




Tag: --- | Note: --- | Post: ---
Haymon Derrier LG


Última edição por Albafica em Qua Fev 15, 2017 8:45 pm, editado 1 vez(es)
avatar
Novos Deuses
Ver perfil do usuário
Mensagens :
213

Voltar ao Topo Ir em baixo


Re: White Belladona - Tenda do Albafica

Mensagem por Albafica em Seg Abr 17, 2017 7:44 pm

MY SKIN IS RADIOACTIVE

Depois de alguns dias de molho numa solução de sangue e outros venenos, minhas rosas brancas se tornaram tão vermelhas quanto o líquido de vida que corre em minhas veias. Elas estavam lindas cor de carmim. Não havia gota alguma no frasco e isso era maravilhoso. Minhas flores estavam 100% tóxicas e mortais, tenho até pena de usa-las contra oponentes. Mas depois que voltei da Italia, eu não podia vacilar, eu precisava estar preparado para qualquer inimigo, seja ele mortal ou imortal.

Peguei as flores do vaso e podei um pouco de seus caules, afiando as pontoas para melhor injeção. Com uma faca fui lascando a ponta do cabo das rosas, até que ficassem afiados e bem pontudos como um espeto de churrasco. Ai, usando um pouco da minha benção sobre as plantas, moldei os caules para ficarem resistentes como ferro, além disso usei um pouco de magia de fadas para que os projéteis não desviassem de seus alvos e que assim que saíssem de minhas mãos voassem rapidamente contra seus corações.

Amarrei um laço branco por entre as rosas e as armazenei entre as minhas coisas. Minha criação era extremamente linda.

Sentei-me a porta da minha loja, totalmente satisfeito e aguardei o próximo cliente.

Minha alça caiu pelo meu ombro e meu peitoral ficou descoberto. O vento gélido de uma brisa arrepiou minha pele e meu mamilo enrijeceu. Eu nem liguei pra isso, o cheiro de fruta doce era mais interessante que a química do meu corpo.

Abri um livro sobre flores mágicas e postei-me a ler.


Tag: --- | Note: --- | Post: ---
Haymon Derrier LG


modificar em Albafica:
- Alba Triantaphylos [flores tóxicas uma vez brancas, mas agora vermelhas por absorverem o sangue de Albafica. Causa intoxicação começando com 25 pontos de dano e dobrando a cada turno] x10
avatar
Novos Deuses
Ver perfil do usuário
Mensagens :
213

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: White Belladona - Tenda do Albafica

Mensagem por Hipnos em Seg Abr 17, 2017 7:48 pm

ATUALIZADO
+50XP
+1 ponto em Magia
-50HP/MP
avatar
Deuses Menores
Ver perfil do usuário
Mensagens :
744

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: White Belladona - Tenda do Albafica

Mensagem por Albafica em Ter Abr 18, 2017 3:31 am

MY SKIN IS RADIOACTIVE

Era mais um dia de trabalho solo no meu ateliê. Como não tenho muitos clientes, eu tiro um tempo para realizar as coisas pra mim e testar novos talentos para mim mesmo. Por exemplo, eu banhei rosas brancas no meu sangue e deixei elas absorverem o líquido tóxico por 10 longos dias. Conclusão, hoje tenho projéteis envenenados e super letais.

Hoje eu me trancarei no laboratório e moldarei com meus utensílios de marcenaria, uma armadura de madeira pra mim. Eu andei sondando por ai, e, apesar de ter os músculos muito duros e quase impenetrável, eu ainda posso me ferir facilmente. Então, eu preciso de algo que cubra meu corpo, mesmo que eu odeio isso.

Peguei um pedaço concideravel de Guaiacum sanctum e coloquei na minha mesa de corte. Uma das minhas ninfas me ajudou a tirar as minhas medidas e com uma trena, risquei a madeira. Tronco, braços, ombros, minhas coxas, pescoço, pulsos, braços, pés, mãos e todo o resto. Eu até tinha um pedaço de pano fino e negro para fazer uma capa luxuosa caso precisasse.

O pau-santo, tem propriedades medicinais e energéticas. Dessa maneira, toda vez que eu usar a armadura, eu usaria uma parte a menos da minha própria energia caso precisasse. E se por um acaso pegar fogo, a fumaça cura automaticamente minha estamina e efeitos contrários como paralisação ou envenenamento, por exemplo.

Peguei uma serra e cortei as partes e com um formão, trabalhei meus músculos para entalhar melhor os contornos e os rococós que eu queria. Amarrei tiras de couro para ligar as partes, afivelando tudo no lugar. A medida que ia forjando a Guaiacum sanctum, eu colocava as peças num clone de madeira comum que fiz. E como era uma cópia perfeita minha, eu sabia o que funcionava e onde eu precisava dar os toques e amarrar melhor.

Eram muitos entalhes. Por sorte, couro de dragão era forte e super resistente. Eu sei que não sou filho de Hefesto, e que meus itens naturais não tem o apelo que precisam em batalha, mas pelo menos, os efeitos que posso proporcionar, são muito melhores que qualquer feito de um filho do fogo. Meu manequim estava fluido e muito bem equipado. A madeira era linda e resistente, angulada e muito elegante. Era como um jardim. Para dar o toque final, eu esmaguei umas flores amarelas de todos os tons, misturei um pouco de tonificante natural e álcool gel. Misturei tudo e obtive uma cor dourada bem forte. Banhei minha armadura de madeira com a pigmento e envernizei tudo. Ela não era de ouro, admito, mas a semelhança era inevitável.

Para deixar tudo melhor, usando xilocinese, instalei um sistema que fazia minha armadura dourada virar um botão dourado com o simbolo da constelação de peixes. Preguei o botão no meu macacão e ativei ele, desabotoando-o da minha vestimenta. Na mesma hora meu corpo nu se cobriu com a armadura dos pés a cabeça. Minhas coxas e bíceps ficavam expostos, assim como meu rosto, mas todo resto estava protegido de ser atingido. Me senti muito bem e sorri pra mim mesmo no meu espelho de água (presente das ninfas).

exemplo:
http://vignette2.wikia.nocookie.net/saintseya/images/0/0b/Armadura_de_Peixes_e_Afrodite_Episode_G.png/revision/latest?cb=20160306032002&path-prefix=pt

Desativei a armadura e me vi de macacão surrado. Me senti muito bem com o que eu tinha realizado e isso é muito bom. Talvez um dia eu peça pra um filho de Hefesto banhar em ouro e ai a minha obra ficaria ainda mais perfeita, mas por enquanto, é isso que posso fazer.


Tag: --- | Note: --- | Post: ---
Haymon Derrier LG


modificar em Albafica:
- Pisces Armor [Armadura de Capim-santo, dourada, super resistente. +40 defesa.
Além disso, reduz o custo de habilidades ativas em 10 pontos, e cura rapidamente problemas de status após 3 turnos sofrendo por eles. Se a armadura pegar fogo, o HP do usuário é restaurado por completo e todo problema contrário é curado na hora]
avatar
Novos Deuses
Ver perfil do usuário
Mensagens :
213

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: White Belladona - Tenda do Albafica

Mensagem por Hipnos em Ter Abr 18, 2017 8:39 am

ATUALIZADO
+50XP
+1 ponto em Magia
+1 ponto em Corpo
- 50MP
avatar
Deuses Menores
Ver perfil do usuário
Mensagens :
744

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: White Belladona - Tenda do Albafica

Mensagem por Albafica em Seg Jul 31, 2017 12:07 am

MY SKIN IS RADIOACTIVE

Essa noite eu resolvi fugir um pouco dos abraços das ninfas e corpos desnudos dos sátiros. Deixei uma cópia minha na floresta caso sintam minha falta. Porem, hoje, eu preciso ficar um pouco só...

Aqui na minha cabana, sentei-me detrás do balcão numa cadeira rústica de madeira grossa e peguei um livro de botânica mitológica. Meus olhos liam as espécies raras do mundo e meus dedos folheavam as páginas sem muita periculosidade. Eu não estava procurando nada específico. Eu apenas estava matando meu tempo sozinho.

Meu macacão estava caído até metade do meu tronco, deixando meu peito nu e meu abdômen descoberto. O ventinho frio deixava minha pele eiçada, assim como meus mamilos um pouco mais rijos.

O livro era bem grosso. Presente de meu pai. Nele havia flores que nunca havia visto no mundo real, tais como: Princesa silenciosa. Uma flor branca com seu interior azulado. Dizem que ela pode curar silêncio, ou seja, quebra o efeito mágico que impede alguém de usar magia ou coisas mágicas.

Minha busca cessou quando encontrei um raiz branca como leite. A raiz do lethe é capaz de eliminar qualquer memória para sempre. Talvez eu faça um extrato dessa raiz para esquecer meu irmão ou o sofrimento de perder alguém que gosto muito...

- Acho que minha humanidade não foi apagada de mim ainda... - falei baixinho para as letras do livro.

Tag: --- | Note: --- | Post: ---
Haymon Derrier LG
avatar
Novos Deuses
Ver perfil do usuário
Mensagens :
213

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: White Belladona - Tenda do Albafica

Mensagem por Albafica em Qua Dez 13, 2017 9:22 am

MY SKIN IS RADIOACTIVE

Era quase dia quando entrei na minha loja para limpa-la. Fazia uns bons dias que não tirava o pó das coisas e reorganizava os meus livros numa ordem que fizesse sentido.

Baixei meu macacão até a cintura e amarrei as alças como num cinto para que não caísse e revelasse as minhas partes íntimas. Eu sei que pessoas normais ligam muito para nudez e como não uso nada por baixo dessa roupa velha, qualquer escorregão dela é um choque de realidade novo para quem vê.

Dei de ombros ao pensamento e peguei uma vassoura velha que tinha do lado de fora do meu estabelecimento. O pó subia como uma nuvem tóxica de fumaça, mas não dei muita importância. Varri e varri jogando a poeira no canto da saleta principal onde recolheria mais tarde com uma pá e ecologicamente colocaria no lixo e deixaria que os sátiros se livrassem dele.

Passei um pano na minha bancada de madeira até que a base ficasse brilhante. Aproveitei e limpei as janelas só para que a luz entrasse melhor na saleta principal da minha tenda. Coloquei um vaso de terra em cima do balcão e com um pouco de amor, fiz britar uma porção de girassóis para perfumar. Também arrastei dois vasos grande de primaveras do lado de fora, um de cada lado da porta de entrada para dar as boas vindas à quem entrasse.

Arrumei minha estante de livros na seguinte ordem: Primeiro meus livros de botânica da faculdade (sim, eu tinha começado a ter aulas, mas não consegui terminar, um monstro me fez fugir das aulas para sempre), logo em seguida os livros que meu pai me deu de aniversário sobre como plantar quase qualquer coisa, volume 1 ao 6 e logo em seguida, meu almanaque de plantas mitológicas. Eu também tinha comigo um dicionário de ervas e seus efeitos e um caderno pessoal onde mantinha algumas anotações e combinações diversas.

Me permiti sentar um pouco e admirar uma borboleta azul que dançava perto da janela.  




Tag: --- | Note: --- | Post: ---
Haymon Derrier LG
avatar
Novos Deuses
Ver perfil do usuário
Mensagens :
213

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: White Belladona - Tenda do Albafica

Mensagem por Chandra V. Harper em Sex Dez 15, 2017 6:06 am

we have no hope now, only sorrow.
No tears
are falling

Não era meu costume andar pelas partes mais vívidas do acampamento. Quando não estava enfurnada na biblioteca do chalé, testando novas técnicas na forja ou simplesmente aproveitando as tardes ensolaradas para tomar um bom chá gelado no refeitório acompanhada por alguns irmãos, raramente estaria nas arenas ou perto das vendas amigáveis dos filhos de Deméter. Por algum motivo me sentia um tanto deslocada em ambas localidades, apesar de serem meio que paradas obrigatórias para qualquer um que tenha poderes mágicos e precise exercitá-los e desenvolver novas aptidões.

Dessa vez, não era a necessidade que me movia em direção às vivendas verdejantes, mas minha própria curiosidade em aprender um pouco mais sobre a natureza mágica das plantas e flores com um Deus. Sua loja era muito aconchegante, e chegava a lembrar uma versão luxuosa dos casebres de madeira que meu povo montava quando decidiam ficar numa localidade por mais de uma estação.

Ao entrar me deparei com uma cena preciosa: uma estante perfeitamente organizada ao lado de uma bela divindade de torso nu, qual deveria estar divagando sobre os mistérios do universo e da existência, ou apenas distraído pelas cores vivas das asas de uma pequena borboleta azul que voava ali por perto, atraída pelo cheiro dos florais brancos que preenchia o ar da loja.

— Hm... Cheguei numa hora ruim? — Perguntei, quebrando o silêncio total que imperava no interior da loja, sentindo um pouco de remorso por ter atrapalhado aquela cena meiga e por ela ter que permanecer apenas em minha memória, como nada mais que uma singela memória.

Sorri para ele, me aproximando do balcão.

avatar
Filhos de Hecate
Ver perfil do usuário
Mensagens :
109

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: White Belladona - Tenda do Albafica

Mensagem por Albafica em Sex Dez 15, 2017 12:05 pm

MY SKIN IS RADIOACTIVE

O cheiro de dama da noite e o fluxo de energia artificial me assolou antes mesmo da filha de Hecate entrar pela porta de madeira da minha feira.

A menina tinha um bronzeado italiano característico, cabelos emaranhados e olhos vivos cor de jatobá. Eu não precisava nem olhar diretamente para a menina, já que a flor em cima do balcão me descreveu-a com minucia de detalhes e murchou por causa do fluxo mágico que ela emanava.

— Chandra... - comecei num sussurro ao vento deixando que a Maculinea alcon pousasse em meu dedo estendido como um convite de segurança — Como posso ajuda-la hoje? - respondi sua pergunta com outra pergunta, inclinando a cabeça de ladinho até que meus olhos castanhos lentamente a fitassem.


Tag: --- | Note: --- | Post: ---
Haymon Derrier LG
avatar
Novos Deuses
Ver perfil do usuário
Mensagens :
213

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: White Belladona - Tenda do Albafica

Mensagem por Chandra V. Harper em Dom Dez 17, 2017 10:37 pm

we have no hope now, only sorrow.
No tears
are falling

— Está um dia agradável, então achei que seria uma boa hora para recolher alguns ingredientes. — Me aproximei do balcão, notando a pequena flor murcha que o decorava e estranhando um pouco aquela situação. Era tudo tão vivo no resto da loja, e mesmo assim ela parecia abatida por algum motivo.

— Não posso te pedir nada que custe mais de 180 dracmas, pois foi o custo de material e mão de obra que usei na sua foice, mas adoraria conversar sobre propriedades vegetais. — Disse, com medo de parecer uma cobradora voraz, como aparentavam ser alguns filhos de Tique e Hermes, olhando fixamente para a pequena borboleta em seu dedo enquanto divagava discretamente sobre as receitas de algumas poções que havia lido há tempos atrás.
avatar
Filhos de Hecate
Ver perfil do usuário
Mensagens :
109

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: White Belladona - Tenda do Albafica

Mensagem por Albafica em Seg Dez 18, 2017 2:26 am

MY SKIN IS RADIOACTIVE

A garota me cobrou a forja dos meus itens. Eu já esperava isso, mas não sabia que ia se já e de uma forma nada cortês.

Não dei muita atenção ao que Chandra tagarelava, até porque essa borboleta azul era tão linda e especial que se eu desviasse meu olhar por um segundo, eu acabaria perdendo um segundo da minha eternidade. Sorri com o pensamento e finalmente espantei o holoptera com ternura.

Levantei-me da cadeira Meu peito continuava nu. Debrucei meu corpo pelo balcão, inclinando meu torso para frente, deixando que meu braço se estendesse até que minha mão direita tocasse o rosto da menina bruxa. Meus dedos caminharam pela face da garota até que descansassem entre a orelha e a nuca da filha de Hecate. Meu nariz quase lhe tocava e meus olhos castanhos mergulhavam no mar esverdeado da mirada da dama da noite:

— Que tipo de propriedades? — aveludei minha voz, buscando curioso algum tipo de orientação de Chandra.

Meus dedos alojados arrumaram uma mexa desgrenhada dos cabelos ondulados da menina e em seguida recolhi meu braço, mas permanecendo de bruços no balcão com meu rosto a centímetros do rosto da minha forjadora.

Sorri e a medida que eu esperava, o vasinho de flor floria com flora variável. O perfume da mata ao redor da minha loja se ampliava e um ou outro cervo da floresta olhava curioso para dentro do meu estabelecimento.


Tag: --- | Note: --- | Post: ---
Haymon Derrier LG
avatar
Novos Deuses
Ver perfil do usuário
Mensagens :
213

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: White Belladona - Tenda do Albafica

Mensagem por Chandra V. Harper em Ter Dez 19, 2017 5:49 am

we have no hope now, only sorrow.
No tears
are falling

Dei um passo para trás, quebrando aquela proximidade excessiva, que me deixava ligeiramente desconfortável. Sobre as propriedades, cogitei em pedir-lhe dicas sobre plantas com propriedades milagrosas, que pudessem finalizar ou amenizar maldições, por medo de nunca conseguir me livrar do terceiro olho que agora ocupava a mesma posição do meu chakra frontal.
Por outro lado, se pedisse informações sobre aumento de vigor e energia, atrairia o interesse de mais campistas, e consequentemente teria mais dinheiro para prosseguir com posteriores compras e pesquisa. De qualquer forma, cortei meu devaneio com uma resposta assertiva.  
— Vigor. Ervas, flores e frutas que aumentem a potência física, que eu possa utilizar em poções. — Falei distraída, olhando com um pouco de estranhamento para um cervídeo que nos observava do lado de fora — É normal os animais te espiarem assim? — Levantei uma sobrancelha, surpresa.
avatar
Filhos de Hecate
Ver perfil do usuário
Mensagens :
109

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: White Belladona - Tenda do Albafica

Mensagem por Albafica em Ter Dez 19, 2017 12:49 pm

MY SKIN IS RADIOACTIVE

Assenti ao que a menina me falava. Chandra precisava de conselhos sobre ervas, plantas e outros artigos vegetais e naturais que tivessem efeitos variados sobre o vigor, força vital, atributos físicos e por ai vai.

Não precisei pensar muito para respondê-la, mas é melhor mostrar do que responder por palavras que logo se perdem. Porem, antes de me recolher, apontei um ponto na janela oposta de onde o veado estava — Não são só os animais... — disse e se Chandra olhasse para onde indiquei, veria duas Alseides misturadas num campo de flores silvestres trocando risinhos.

Pedi licença e entrei na porta a direita da minha estante de livros. Na minha estufa, meti a mão na terra e arranquei de suas entranhas uma porção de flores e ervas. Aloe para queimadura, boldo para enjoo e vertigem e raiz de ouro para confusão mental e outros choques psíquicos. Do outro lado da minha estufa, da minha coleção de súber, peguei um acúleo de paineira para paralisia e carvão aditivado para envenenamento. Colhi umas flores de Dama da Noite para demonstração e um punhado de pimenta dedo de moça.

Na cozinha, cruzando o saguão, entrando na porta esquerda depois da minha estante, separei os maços de ervas em 10 pares de cada, assim como as flores de dama da noite, separando os acúleos da casca da paineira e os colocando num vidrinho. Na pia, num pilão, esmaguei o carvão até que virasse um pó preto e também coloquei num vidrinho.  Em seguida piquei o dedo de moça e coloquei para secar num forno próprio para isso. Enquanto secava, num pilão eu esmaguei cravo e gengibre seco para criar um pó amarronzado e assim que a pimenta secou, adicionei ao pilão e terminei de macerar, criando um pó com cor de tijolo. Coloquei num outro potinho e separei com os demais. Tirei a casca do aloe e bati a polpa no liquidificador com menta e hortelã, criando um líquido esverdeado e bem gosmento. E como era de praxe, deixei escorrendo num voal enquanto eu preparava os materiais para estamina e energia.

Na minha estante de sementes, peguei as de girassol e granola, uma pasta de açaí e mel silvestre de laranja. Fiz a mistura num liquidificador e o shake de energia estava pronto. Para estamina, só bastava a dama da noite para demonstração. Além disso, fiz uma mistura de própolis, babosa e camomila para cicatrização de ferimentos e afins. Voltei onte estava o meu voal escorrendo e tirei a massa de dentro e coloquei num pote.

Peguei os potinhos e os maços de planta e voltei a saleta de espera.

— Vou te mostrar o que cada uma dessas coisas faz — disse e pequei os potinhos de cores diferentes: Pó preto, pó vermelho, pasta verde, pasta roxa — Uma colher desse ajuda a curar envenenamento, sonolência, queimadura e este cura energia rapidamente — falei apontado para cada um dos potinhos. Também coloquei ali na frente um vidro contendo os acúleos de paineira — Estes é preciso usar na hora para curar paralisia ou dormência corporal. Basta picar a superfície e a magica estará feita — Em seguida apontei os maços de ervas, explicando que boldo ajuda contra desorientação do cerebelo, enjoo e perda do sentido espacial e raiz de ouro é um ótimo ingrediente para quem está sofrendo com alguma espécie de confusão mental, ilusão ou coisas parecidas.

— Para recuperar estamina, basta comer isso, no seu caso ....
— estendi uma dama da noite para a semideusa — Muitos de vocês não sabem, mas as flores, ervas e frutas símbolos dos deuses, são fontes de vida e se você mistura-las nesta pasta de açaí, o efeito é muito melhor — sorri e pedi para que ela sentisse o gosto da magia fluindo em seus lábios ao mascar a flor que lhe dera.

Parei por ai. Eu podia mostrar os poderes vegetais dos pomos de ouro, ou das raízes do lethe ou da mandrágora, mas não sei se ela queria avançar no mundo místico da botânica. Pode ser um universo sem saída.


Tag: --- | Note: --- | Post: ---
Haymon Derrier LG


Adicionar em Chandra:
- Maço de Boldo: cura vertigem x10
- Maço de Raiz de Ouro: cura ilusão x10
- Pasta de Aloe: cura queimadura e Inflamação x5
- Pasta de Açaí: restaura 50MP x15
- Pó de Carvão: cura envenenamento e intoxicação x5
- Pó de Pimenta: cura sonolência x5
- Acúleo de Paineira: cura paralisia x5
- Damas da Noite: cura 100HP de filhos de Hecate, mas se usado em outras receitas duplica os efeitos x10

modificar em Albafica:
- retirar 100MP
avatar
Novos Deuses
Ver perfil do usuário
Mensagens :
213

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: White Belladona - Tenda do Albafica

Mensagem por Chandra V. Harper em Ter Dez 26, 2017 7:13 am

we have no hope now, only sorrow.
No tears
are falling

Enquanto o imortal se fechava no interior da cabana, provavelmente para fazer sua mágica vegetal acontecer, me reservei a observar de longe as belas criaturas que se aproximavam, em total silêncio. Por um momento comecei a divagar sobre tudo o que havia acontecido nas últimas semanas, coisas que haviam passado batidas por mim, e que voltavam à minha cabeça por pura persistência das memórias. Lembrava de ter esquecido de guardar os lençóis de cama, de que era sim possível que dois mais dois resultassem em peixe (dependendo da perspectiva e do plano em que eles se encontravam, e também que o meu terceiro olho pudesse ser uma marca karmica por ter cortado a mão do seguidor de Nyx, e tê-lo deixado lá para morrer.

De qualquer forma, meus pensamentos sobre quaisquer assuntos que fossem se perderam no reino das ideias quando Albafica retornou com maços de ervas e diversos potes, prendendo minha atenção com sua explicação didática sobre cada um dos produtos vegetais que ele me fornecia.  

— Incrível... —  Falei, ao saborear o fluxo de energia que a pétala de Dama da Noite me fornecia, nem um pouco incomodada pelo seu sabor naturalmente pungente e herbal. Tomei meu tempo para analisar e me acostumar com as texturas e cores, rememorizando todos os aspectos para que não desperdiçasse nada ao cozinhar uma nova poção antes de inaugurar meu pequeno cantinho de feitiçarias.

— Eu não sei nem como agradecer... — Um sorriso tímido tomou conta dos meus lábios, porém a súbita memória da impotência quase claustrofóbica que sentia durante as noites de lua me atingiu, quase como um arco reflexo retardado, advindo do êxtase energético que a flor me causou. Eu teria que perguntar a ele se não existiria um meio mais simples de me livrar disso, já que por enquanto ele parecia o deus mais propenso a me dar uma resposta viável e direta. — Mas tenho outra pergunta, se não se importar... Bem, não sei se você sabe, mas há algum tempo atrás, nós tivemos um problema com zumbis, e eu tive que performar um ritual que me deixou com uma pequena sequela.— Apontei para a discreta pálpebra que repousava como uma ruga prematura em minha testa, esperando apenas a lua surgir no céu para me privar da magia. — Só queria saber se tem algum jeito de reverter isso sem ter que descer ao submundo.  
avatar
Filhos de Hecate
Ver perfil do usuário
Mensagens :
109

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: White Belladona - Tenda do Albafica

Mensagem por Albafica em Qui Dez 28, 2017 2:08 am

MY SKIN IS RADIOACTIVE

Fiquei um pouco contemplativo. Eu sabia que houvera um ataque no acampamento, mas eu tive que proteger o que pude da floresta o máximo que pude e não pude ajudar os outros que precisavam da minha força. Também veio a mim que um dos campistas obteve uma arca do tártaro ou algo assim.

— Bom, eu... — Inclinei-me para acariciar a testa da garota. O cheiro venenoso de decomposição e trevas era intenso. Eu sabia que tinha algo diferente na garota, mas porque só senti o cheiro agora? — Eu tenho algo que pode ajudar, mas quebrar totalmente a maldição de um primordial, acho que impossível — comentei.

Entrei novamente na minha estufa. Peguei minha adaga de bronze polido e cortei um dos meus pulsos. Meu sangue quente e venenoso banhou meu terrário de latossolo e com a mão livre enfiei meus dedos na terra e entoando um canto antigo, ao tirar meus dedos do solo sangrado, um punhado de flor branca pequenina brotou.

Colhi um maço delas e voltei ao saguão.

Galanthus sp, A flor da neve ou como Hermes chamava, Moly... — comentei — Ela é uma planta mágica, porem pode ser usada de dois jeitos. Um deles, é curar envenenamento ao restaurar um pouco da estamina do envenenado e a outra maneira — mostrei o bulbo — É morder o bulbo — fiz uma careta.

Eu expliquei a Chandra que o bulbo causa intoxicação volátil, mas que permite usar magia, mesmo sob efeito de maldição.


Tag: --- | Note: --- | Post: ---
Haymon Derrier LG


Adicionar em Chandra:
- Moly: Cura envenenamento e Intoxicação e restaura 50% do HP perdido em fase de envenenamento x10

- Raiz de Moly: Permite usar Magia, mas causa intoxicação volátil começando com 20 pontos, depois, 40, 80, 160... x5

modificar em Albafica:
- retirar 100MP e 50HP
-
avatar
Novos Deuses
Ver perfil do usuário
Mensagens :
213

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: White Belladona - Tenda do Albafica

Mensagem por Chandra V. Harper em Qui Dez 28, 2017 8:03 am

we have no hope now, only sorrow.
No tears
are falling

Ver as pequenas flores brancas me lembrou por um momento do inverno armênio, de como já havia visto brotos parecidos num dos jardins pedregosos nas bases das montanhas, e de como sentia saudades daquele tempo.

Me sentia alguém diferente, que mudando completamente a cada semana, de tal modo que no meu guarda-roupas não haveria tecido suficiente para vestir todas as pessoas que me tornei. Não era algo de todo ruim, mas me fazia sentir falta da simplicidade da minha infância, do tempo em que não tinha que pensar tanto em como resolver meus próprios problemas.

A explicação didática de Albafica mais uma vez me retirou dos meus próprios devaneios insensatos e desviou-me a atenção para os fatos que realmente interessavam no momento, o pequeno macete desagradável, porém eficaz, de como recuperar meus poderes por um curto período de tempo em noites de lua. Conforme ele me passava sua sabedoria, minha fé na possibilidade da liberdade se renovava, e aos poucos conseguia me sentir mais segura de mim mesma.

— Eu literalmente não sei como te agradecer ou retribuir por tudo. — O abracei instintivamente, guiada por uma sensação de gratidão imensa que extravasou os limites da habitual sensatez que guiava meus atos. Me afastei ligeiramente, ao me dar conta do que fazia, e então engoli a vergonha e sorri.

— Desculpe... — Comecei a recolher os ingredientes, organizando-os dentro da mochila — Bem... Se precisar de qualquer serviço de forja, será uma honra ajudar. — Fechei a mochila, despedindo-me dele mais uma vez antes de deixar a loja, com um sorriso tímido no rosto e alguns planos para executar.

avatar
Filhos de Hecate
Ver perfil do usuário
Mensagens :
109

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: White Belladona - Tenda do Albafica

Mensagem por Hipnos em Qui Dez 28, 2017 2:58 pm

ATUALIZADO
- 50XP
- 1 ponto de Magia
avatar
Deuses Menores
Ver perfil do usuário
Mensagens :
744

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: White Belladona - Tenda do Albafica

Mensagem por Conteúdo patrocinado

Conteúdo patrocinado

Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 3 de 3 Anterior  1, 2, 3

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum