Roleta da Sorte -Treino de Zanik e Aaren

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Roleta da Sorte -Treino de Zanik e Aaren

Mensagem por Convidado em Dom Dez 24, 2017 9:27 pm



Visitante




Passeava em minhas furtivas andanças pelo acampamento até chegar a uma área que lembrei ser onde os campistas treinavam para melhorar suas habilidades natas e inatas. Tinha entrado numa das arenas quando vi uma garota loura entrar um pouco distraída com quem pudesse estar presente, no caso eu.
As portas fecharam e uma tela parecida com uma televisão emergiu do chão mostrando imagens de monstros, paisagens e armas passando como uma roleta de caca-níquel. Um botão de girar brilhava onde seria o de ligar/desligar do aparelho.
-Sabe para que serve? -disse apontando para a máquina.



Última edição por Zanik Reyes em Seg Dez 25, 2017 3:38 am, editado 1 vez(es)
Convidado
Convidado

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Roleta da Sorte -Treino de Zanik e Aaren

Mensagem por Aaren Young em Dom Dez 24, 2017 10:43 pm

russian roulette

Eu estava em minha nobre missão de encontrar o rapaz das fotos, mas outra vez parecia estar sem sorte. Meus olhos percorriam uma arena triste, vazia e parada. Era como se todo o mundo tivesse decidido tirar o dia de folga.

— Existe feriado grego? — perguntei para o hall vazio. Minha voz ecoou, tudo bem dramático, e comecei a atravessar o espaço. Foi então que ouvi o ruído de novos passos, junto a um “tleeench” que parecia ter saído direto de um filme de ficção científica.

Quando me virei para ver o que estava acontecendo – e descobrir que as portas tinham se fechado, aliás. Muita boa sorte, Aaren – vi um rapaz parado na frente de uma tela eletrônica. Ele era bonitinho, mas tinha alguma coisa estranha em seu rosto... Como se sua mandíbula estivesse para sempre congelada na posição de “levando um soco no queixo”. Ele apontou para a máquina e perguntou se eu sabia para quê aquilo servia. Ou pelo menos supus que estava falando comigo, e não com os escudos pendurados na parede.

— Foi mal, mamãe não me deixava nem chegar perto dessas coisas. Vai que tinha internet — respondi sacodindo os ombros enquanto me aproximava. O que vi mais parecia uma mistura de televisão com caça-níqueis, tendo até uma rodinha para “girar a roleta”. — Acho que só tem um jeito de descobrir.

Apontei para o botão com uma pausa educada que com certeza não queria dizer “vai você, eu é que não vou por a mão no fogo”, mas logo um pensamento me veio à cabeça: quem aperta os botõezinhos malignos e liga as máquinas assassinas é o instrutor, e não a vítima. Aquilo deveria ser seguro. Agarrei a rodinha e girei.

E a roleta girou, girou, girou...

...e parou justamente em “monstro”. Oh. Droga.

— Talvez isso queira dizer... Bichinhos de pelúcia? — sugeri com um risinho fraco.

(ross)
avatar
Filhos de Hermes
Ver perfil do usuário
Mensagens :
41

17

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Roleta da Sorte -Treino de Zanik e Aaren

Mensagem por Convidado em Seg Dez 25, 2017 3:40 am



Visitante





Antes que pudesse dizer algo ela foi e apertou o botão, é claro que de certa forma fiquei aliviado por não ser quem tinha feito porque se acontecesse alguma morte a culpa não seria minha. E depois a tela começou a girar loucamente e estávamos fritos, no sentido figurado, eu esperava.
A "televisão" parou nas três imagens: a primeira de areia, a segunda de festa de criança e a terceira de um centauro e apagou, abrindo ao meio revelando duas adagas de plástico, uma caixinha de estalos, um machado de bexigas e uma raquete de pingue-pongue com uma bolinha pendurada por uma corda e o nome 'ESCOLHAM' acima dos objetos. Resmunguei algumas palavras nada bonitas diante da situação e olhei para a garota como quem não está nada a fim de morrer indicando o que seriam nossas armas. Os deuses podiam ser bem sádicos para fazer algo assim, e ainda tinha que fingir não ser um terrorista!!
-Fique à vontade pra pegar. -disse ao ir pegando a raquete e sair do caminho da garota. -Aliás, eu sou o Erast.
Não diria meu primeiro nome ou sobrenome, vai que já tinha ouvido falar de minhas travessuras pelo camp.
Quando ela terminou de escolher o painel abaixou e um centauro veio correndo em nossa direção no chão que magicamente se transformou em areia. Deixei que ela guiasse a estratégia, querendo ou não era a anfitriã afinal eu sou um visitante.

Convidado
Convidado

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Roleta da Sorte -Treino de Zanik e Aaren

Mensagem por Aaren Young em Seg Dez 25, 2017 6:38 am

jackpot!

Depois de escolher “monstro”, a roleta escolheu o monstro, areia e... Festa infantil? Deuses, eu esperava não ter de enfrentar um centauro palhaço.

— Santa Tique...

Troquei uma careta com o Senhor Soco No Queixo e voltei a olhar para a TV-caça-níqueis, que agora também servia de porta-brinquedos. O “escolham” vermelho brilhando em sua lateral indicava que aquelas eram as armas que deveríamos usar. Deveríamos, se não estivéssemos em um lugar cheio de opções melhores grudadas na parede.

— Eu não sei você, mas eu prefiro aquelas. — Apontei para as armas em áreas mais simples, seguras e não tecnológicas da arena. — Prazer, Aaren Young.

Abri um sorriso mais confiante do que eu me sentia e dei um passo à frente. E foi então que o inferno começou.

A máquina soltou um “vrrrr” formidável, o chão virou areia e um centauro de carne e osso disparou em nossa direção.

— Pensando bem...— Soltei um riso frouxo e estendi o braço para trás. — Acho que vou ficar com umaARGH!

Talvez a TV fosse impaciente, ou talvez eu tivesse ferido seus sentimentos me virando sem dizer tchau, mas o fato era que sua caixa de itens nem-tão-úteis atirou uma caixinha menor nas minhas costas e se fechou. Uma caixinha de estalinhos.

Não tive tempo de pensar, só de agarrar aquela coisa e gritar “para o lado!” pouco antes do meio-cavalo passar por cima de onde estávamos. Pulei para cima da areia e rolei, agradecendo a papai por ter bons reflexos e ao deus dos pisos afofados por uns hematomas a menos.

— Tudo bem aí? — perguntei para o cara que compartilhava meu azar. Esperava que ele tivesse conseguido sair do caminho do monstro. — Eu acho que ele não é de pelúcia. A gente vai precisar das armas de verdade.

Era mais fácil dito do que feito. O homem-cavalo abriu um sorriso macabro. Ele começou a cavalgar em um círculo com nós como centro, passando sua mensagem sem nem mesmo abrir a boca: “tentem”.

— Droga...

Apertei a caixa de estalinhos. Eu corria bem rápido, mas não mais que um cavalo, e não estava nem um pouco afim de entrar no caminho daqueles cascos.

— Ei, Senhor Pingue-Pongue, você para um lado e eu para o outro? — Apontei com a cabeça para dois pontos opostos do círculo marcado na areia. — Um de nós pega as armas, e o outro corre como se seu traseiro dependesse disso?

(ross)
avatar
Filhos de Hermes
Ver perfil do usuário
Mensagens :
41

17

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Roleta da Sorte -Treino de Zanik e Aaren

Mensagem por Convidado em Ter Dez 26, 2017 3:19 pm



Visitante





Assim que ela gritou também me afastei, sendo quase pisoteado pelos cascos do centauro. Tinha lembranças nada boas desse tipo de monstro metade humano metade equino.
-Por enquanto, sim. -respondi a ela pondo-me rapidamente de pé antes que o monstro voltasse para continuar o serviço.
Se fosse para ser de pelúcia agradeceria de bom grado, pois se assim fosse era só colocar fogo nele e estaria tudo acabado. Vamos embora e deixa ela aí. Ele disse em minha cabeça e tive que silenciá-lo como em todas as outras vezes que isso acontecia.
O centauro começou a circundar-nos impedindo que os dois saíssem de uma vez para pegar armas que realmente ajudassem quando Aaren diz uma ótima ideia, um sai e o outro fica.
-Boa sorte. -digo a ela enquanto saio na primeira oportunidade que consigo.
Segurando firme a raquete balancei para que a cordinha esticasse e a bola acertasse nas costas chamando sua atenção e dando tempo para a outra sair e conseguir executar sua ideia. Com ele de costas para mim no momento fica mais fácil de correr caso não conseguisse acertar a bolinha pendurada na raquete nele. Para todo caso, tenho charme suficiente para todos.

Convidado
Convidado

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Roleta da Sorte -Treino de Zanik e Aaren

Mensagem por Aaren Young em Qua Dez 27, 2017 7:14 pm

a big bear hug

O Garoto Pingue-Pongue foi para cima do centauro, o que me deixava com a tarefa muito menos perigosa de correr atrás de armas. Ainda tive um vislumbre do duelo épico entre bolinha e cascos antes de me virar e correr a toda velocidade para os escudos na parede.

— Aguenta firme aí!

A areia deslizava e criava nuvenzinhas de pó, mas meus pés se grudavam a ela como se fossem cola. Mais uma das pequenas bênçãos de ser filha de papai. Logo eu estava bem na marca que o centauro traçara, e foi aí que ele decidiu vir para cima.

Quando ouvi o “tuf, tuf” dos cascos aumentar só pensei em apertar o passo. Não havia tempo para dar uma viradinha e ver o que tinha acontecido entre o homem-cavalo e o Senhor Pingue-Pongue, não quando mesmo sem isso ele conseguiu me alcançar e passar um braço ao redor de meu pescoço.

— Aurgh!

Levei minhas mãos num impulso para aquele braço grosso e musculoso, cravando as unhas na pele e puxando numa tentativa boba de me livrar do aperto. Um centauro malhado era muita areia para o meu pobre caminhãozinho. Ele me levantou do chão e eu sacudi as pernas como uma criança aprendendo a nadar – ou a chutar a canela de valentões.

— Isso... Ruim — foi meu eloquente comentário. Sentia meu rosto inchar com a falta de circulação, e aquele abraço de ferro quase me cortava por completo o ar. Eu tinha de dar um jeito de escapar dali antes que ele saísse do “quase” e realmente me enforcasse. Por sorte, ainda tinha um truque na manga. Ou melhor: na mão.

Agradeci a papai por ser o deus das cobras e pensei em veneno. Ácido verde escorrendo como geleia por meus dedos e fazendo um belo estrago no que estivesse em seu caminho.

(ross)


Habilidades utilizadas:
➤ Aderência física: Consegue se aderir a qualquer piso, podendo correr até mesmo em locais escorregadios e delicados.

➤ Toque Ácido: Como sendo o senhor das Cobras, os filhos de Hermes conseguem produzir uma substância ácida nas mãos com poder de corrosão muito alto. Não consegue ruir metais nobres e pedras preciosas, mas coisas orgânicas são derretidas em instantes. Custa 10MP por toque.
avatar
Filhos de Hermes
Ver perfil do usuário
Mensagens :
41

17

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Roleta da Sorte -Treino de Zanik e Aaren

Mensagem por Convidado em Sex Dez 29, 2017 11:08 pm



Visitante




A garota correu me deixando com o quadrúpede semi-humano de bandeja como um alvo nem tanto indefeso assim. O centauro olhou para mim como se não valesse a pena lutar contra e partiu a galope atrás de Aaren me deixando um coice para mim como presente.
Rolei um tempo antes de parar com o peitoral ardendo e provavelente marcado da ferradura que ele usava debaixo dos cascos. Fiquei tentado a lançar um raio e eletrocutá-lo ali mesmo para não dar as costas a um oponente lindo como eu fazendo com que caísse, mas não poderia. Então por via das circunstâncias soprei um coração roxo para dar mais tempo para a que pelo visto era uma filha de Hermes. Sorri comigo mesmo pensando que seria bom ter uma amiga como ela.

➤ Poison Kiss: Um beijo soprado num formato de coração roxo intenso bem pequenino. Quando encontra seu alvo, o mesmo sente uma ardência pelo seu corpo e fica tonto por alguns instantes enquanto seu corpo se envenena aos poucos.
- Dano: -10HP por turno durante 5 turnos.

Convidado
Convidado

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Roleta da Sorte -Treino de Zanik e Aaren

Mensagem por Aaren Young em Seg Jan 01, 2018 6:11 pm

change of pains

O Senhor Quase Cavalo gritou e soltou meu pescoço. Balançava os braços como uma senhora com medo de insetos sendo atacada por uma nuvem de pernilongos. Eu não podia culpá-lo – dava para ver as marcas vermelhas onde o veneno tocou, e não eram nada bonitas.

Infelizmente eu não tive lá muito tempo para admirar meu trabalho, pois os olhos do centauro emitiram um brilho assassino e ele disparou a galope para cima de mim. Estávamos perto demais. Ele era rápido demais. Eu não ia conseguir desviar.

POFT!

O homem-cavalo tropeçou nas próprias pernas e caiu no chão.

— Santa Tique... — murmurei.

Do outro lado da arena de areia vi o cara do pingue-pongue coberto de areia, congelado na pose de quem mandava um beijinho. Talvez minha ajuda tivesse sido menos divina dessa vez. Ou isso, ou ele tinha ideias bem estranhas de hora para flertar. Mas isso não era o mais importante agora, e sim o fato de que ele estava lá. Sozinho. Com as outras áreas da arena a apenas alguns passos.

— Mudança de planos, Senhor Pingue-Pongue. — Engoli a seco e abri minha caixa de estalinhos. — As armas são com você.

Dito isso peguei uma das bombinhas e joguei bem na cara no centauro. Deuses, no que eu estava pensando?

(ross)
avatar
Filhos de Hermes
Ver perfil do usuário
Mensagens :
41

17

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Roleta da Sorte -Treino de Zanik e Aaren

Mensagem por Convidado em Qua Jan 03, 2018 10:23 pm



Visitante



Aaren era muito esperta e claramente dava para notar em suas ações para ficar viva. Pena que fazia parte do acampamento e talvez gostasse dele. Consertei minha postura e comecei a correr no sentido contrário desejando que isso não estivesse acontecendo, agora o homem cavalo estava galopando na minha direção todo furioso por causa de um pequeno envenenamento.
Senti como se algo frio estivesse sendo revirado contra meu estômago e percebi que meu outro eu, ele, estava vindo também e deixei que resolvesse a situação. Um sorriso louco enebriou meu rosto e quando cheguei na parede da arena onde uma lança estava pendurada virei para o centauro e quando não dava mais tempo saltei para o lado deixando que ele batesse o rosto e o corpo nas pedras.
Pouco antes escutei o som de estalos sendo lançados nas pernas dele o que penso ter ajudado a retardar o monstro. Não estava para clima de brincadeiras e adiantei meus segundos planos, pulando na garupa dele e enrolando o fio da raquetinha em seu pescoço. Descobri que o fio poderia ser bastante resistente nessas horas de loucura impensada. Apertei contra a garganta dele o máximo que conseguia esperando a aproximação dela.
-Se você puder dar uma ajudinha a mais aqui agradeço. -gritei para Aaren apontando o rosto dele com a intenção de que ela pudesse quebrar seu pescoço. As vezes tinha um humor diferente.
Obs:
Desculpa pela demora. Que tal acabar no próximo post?

Convidado
Convidado

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Roleta da Sorte -Treino de Zanik e Aaren

Mensagem por Aaren Young em Sab Jan 06, 2018 7:33 pm

ups, overkill.

Talvez gritar meu plano para os deuses e o mundo não fosse lá uma grande ideia, já que o centauro tinha ouvidos e não tinha medo de usá-los. O meio-garanhão, meio-estrategista me deixou de lado como um brinquedo velho e saiu correndo para cima de Erast. Dessa vez, porém, o Senhor Estraga Prazeres galopava com uma raiva assassina. Engoli a seco.

— Pensa, Aaren...

Atirei estalinhos no monstro para ver se ele voltava a me dar atenção, mas fui mais ignorada que sinal amarelo. Só restava uma coisa a fazer, então: virar de costas e correr até as armas, torcendo para que o Senhor Pingue-Pongue sobrevivesse um pouquinho àquela investida.

Acelerei. Sentia o próprio ar me dando uma forcinha, empurrando meu corpo mais para frente, e logo a sensação gostosa da corrida sobressaia-se ao pânico de ter um centauro irritado atrás de nós. Por fim os “pufs, pufs” de meus pés afundando na areia foram substituídos pelos “pa, pa” da sola batendo no concreto – eu estava quase lá.

Abaixei-me e agarrei uma faquinha e um facão esquecidos ao lado de um boneco de treino. Era hora de ver o que tinha acontecido com o Senhor Pingue-Pongue.

Quando me virei meu queixo caiu. Esperava ver outra luta nem tão épica entre cascos e bolinhas, mas no lugar disso estava Erast montado no centauro, a linha da raquete presa com firmeza ao redor do pescoço do monstrengo. Eu fiquei lá com cara de boba até que ele me lembrou que eu devia estar lutando.

— Ah, é! A cavalaria chegou!

Atirei a faquinha, que girou pelo ar e se cravou no pescoço exposto do homem-cavalo. Fez uma bagunça, o sangue jorrando que nem um chafariz antes de começar a escorrer como em um ferimento normal. O centauro abriu a boca num grito mudo e começou a se desintegrar em pó.

— Isso foi... Eca — comentei com uma careta. — Achei que essas coisas só aconteciam em filme de ação.

Larguei a machadinha e limpei minhas mãos no jeans. Pelo menos estava acabado, aquilo tinha sido quase tão ruim quanto as pistas de Marcelo. Mas pelo menos meu traseiro ainda estava inteiro e não tinha um gato sádico gritando palavras de incentivo enquanto eu tentava não morrer. Nem serras elétricas. Nem lanças. Nem falhas catastróficas... É, talvez não tenha sido tão ruim – as coisas terminaram bem afinal. Agora eu só queria um encontro com o chuveiro.

(ross)


Habilidades utilizadas:
➤ Perícia com adagas: Grande habilidade com adagas e facas. Ganha-se dois pontos de treinamento por treino feito.

➤ Velocidade: A cria de Hermes consegue correr a 50 KM por hora, podendo usar o vácuo do ar como aliado, ou seja, criar mini lufadas de ar

➤ Aderência física: Consegue se aderir a qualquer piso, podendo correr até mesmo em locais escorregadios e delicados.
avatar
Filhos de Hermes
Ver perfil do usuário
Mensagens :
41

17

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Roleta da Sorte -Treino de Zanik e Aaren

Mensagem por Conteúdo patrocinado

Conteúdo patrocinado

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum